BEM-VINDOS AO BLOG, VISITEM TAMBÉM AS MÍDIAS SOCIAIS DECORA INTERI

Orquídeas que florescem em dezembro

Vamos falar mais sobre pragas e doenças

Muitas vezes temos a surpresa desagradável de detectarmos certas doenças em nossas plantas, porém muitas vezes sem sabermos o que é e principalmente o ou fazer a respeito
Veja abaixo algumas dicas para eliminar fungos e doenças provenientes destes.


Doenças Fúngicas e Bacterianas

2 colheres de café de sulfato de cobre diluído em 1 litro de água é infalível para combater as doenças fúngicas e bacterianas. Porém, alguns cuidados precisam ser observados: pulverizar de 15 em 15 dias, somente aplicar quando a temperatura estiver abaixo de 30ºC. 

Não aplicar em plantas que estejam com flor, proteger os rizomas e as folhas.

Com casca de cebola , alho canela em pó e água você faz um fungicida natural para espantar as formigas e reduzir os pulgões e colchonilhas do seu orquidário.
Misture 1 prato fundo de casca de alho, 1 prato fundo de casca de cebola, 1 pacote de canela em pó. 



Ferva por 10 minutos e deixe descansar por uma noite. No dia seguinte, coe e pode borrifar as plantas. Borrife por baixo das folhas também.

Experimente fazer um caldo bem forte de casca de cebola e borrifar nas telas de seu orquidário.

Para combater lesmas e caracóis, também pode ser feito o controle manual com o uso de armadilhas feitas com miolo de pão molhado em cerveja.
Para o controle de vespas e abelhas o combate pode ser feito através de poda e queima das regiões atacadas.

Para controlar o ataque dos tripes, o ideal são as podas e a eliminação das pragas através da queima.

Para combater os ácaros recomenda-se o uso de acaricidas ou piretróides.

Com iscas feitas com: ½ litro de água, 100 g de inseticida fosforado, 100 g de açúcar mascavo ou melaço e 1 kg de farelo de trigo, consegue-se combater os tatuzinhos.

Entre as pragas que atacam as orquídeas encontra-se a aranha. Elas atacam principalmente as flores, causando-lhes danos.

Modo de combater: recolher as aranhas, com a ajuda de uma pinça. Porém, se tiver infestação usar o inseticida SBP, e,g, que tem a água como solvente.
Para combater cochonilhas com carapaça, insetos-pragas e algumas doenças fungicas, pulverizar sobre a planta atingida uma solução feita da seguinte maneira: 1 ml de óleo de soja diluído em 100 ml de água.

Calda de fumo mais sabão é eficiente no combate de percevejos, besouros, pulgões, trips e cochonilhas.

Modo de preparar: ferver por 5 minutos, 2 litros de água mais 100 mg de fumo de corda. Esperar esfriar e acrescentar 2 colheres de sopa de sabão de coco em pó. Acrescentar mais 2 litros de água. Misturar bem. Aplicar sobre as plantas atacadas.

Para combater a antracnose e míldio: diluir 1 colher de chá de bicarbonato+ 2,5 colheres de óleo vegetal+4 l de água +meia colher de chá de sabão em pó. Misturar bem e aplicar.
Fonte: orquidofilos.com.br

Aspasia lunata

Cattleya gaskelliana

Coelogyne flaccida
Encyclia prismatocarpa
Hadrolaelia tenebrosa

Pleurothallis strupifolia

rhyncholaelia digbyana