BEM-VINDOS AO BLOG, VISITEM TAMBÉM AS MÍDIAS SOCIAIS DECORA INTERI

Gardênia: cuidados



Existem mais de 250 espécies dessa planta originada no Japão, a mais conhecida é a gardênia jasminoides, também chamada de jasmim-do-cabo. 
Acredita-se que o nome gardênia foi uma homenagem ao grande botânico americano Alexander Garden.
Fase de florescimento das gardênias
A maioria das espécies de gardênia floresce o ano todo, apenas a gardênia thunbergia floresce apenas na primavera e no verão.



Características da flor e formas de cultivo

A gardênia apresenta uma flor branca que exala um perfume com efeito tranquilizante e, por isso, muitos dizem que a flor deve ser colocada em um local com grande fluxo de pessoas. 

Suas folhas apresentam um tom de verde escuro brilhante e têm a particularidade de não caírem durante o inverno, podendo atingir por volta de 2 metros de altura. Com o passar do tempo, esse tipo de flor adquire um tom mais denso, puxado para a cor creme, mas sua floração é mantida por um longo período.

Essa flor é geralmente cultivada em jardim, no solo, mas também pode ser plantada em pequenos vasos. Também pode ser cultivada em grandes conjuntos e pode ser colocada em vasos na parte de baixo das janelas.


Principais Cuidados

A planta se desenvolve bem em solos ácidos e com bastante matéria orgânica. Adapta-se a locais com sol intenso e também em ambientes com alta umidade do ar. É aconselhável que as gardênias sejam protegidas de ventos fortes e tempestades. Recomenda-se também regar regularmente a gardênia, mantendo o solo sempre úmido, porém não encharcado.

Aconselha-se que uma poda seja feita após o período da floração. Evite que a planta seja machucada, pois esses ferimentos podem ser a porta de entrada para algumas doenças.
A multiplicação é feita facilmente com a ajuda de estacas produzidas com os ramos que sobraram do período da floração. Pode ser plantada por sementes, mas elas podem demorar de 2 a 3 anos para germinar.

Doenças que afetam a Planta

As pragas mais comuns que afetam as gardênias são o mealybugs, pulgões, whiteflies e escala. Algumas são facilmente identificadas: os mealybugs possuem uma aparência branca e felpuda, os pulgões se alimentam de brotos e folhas e a escala é uma massa esburacada. Para manifestações leves é aconselhável o uso de remédios naturais, como a combinação de água e álcool. Já para as manifestações mais severas, é aconselhável o uso de pesticida. fonte: floresonline.com.br